Município libera praias após fazer enquete para ouvir opinião de moradores em Pedro Afonso

0
9

Município disse que resolveu liberar acesso ao Rios Sono e Tocantins, após opinião favorável dos moradores e considerando a redução dos casos de Covid. Praias de Pedro Afonso atraem muitos banhistas durante temporada de praia
Fernando Alves / Governo do Tocantins
As praias de rio doce, localizadas no município de Pedro Afonso, foram liberadas para os banhistas. A prefeitura informou que a decisão foi tomada após a realização de uma enquete online, na qual “a enfática maioria opinou pela liberação dos acessos aos rios”.
No decreto publicado nesta sexta-feira (23), a prefeitura esclarece que não se trata de uma temporada de praias, a qual permanece cancelada. O documento, no entanto, libera os acessos aos rios Tocantins e Sono, dentro do município. As interdições tinham sido decretadas em maio, considerando as aglomerações verificadas na beira dos rios.
Conforme o texto, haverá controle do fluxo de pessoas e de descidas de veículos. Além disso, a prefeitura disse que vai atuar, por meio de barreiras sanitárias e de fiscalizações.
O município afirmou que é proibida a permanência de veículos nas rampas de acesso aos rios, em especial ao rio Tocantins, sendo permitidas apenas as descidas de veículos para embarque e desembarque de lanchas, barcos, canoas e outras embarcações, cuja lotação máxima deve ser de 50% da capacidade.
Também está proibida a montagem de acampamentos, tendas e armações, seja para comercializar produtos, seja para intuitos particulares. É permitido apenas uso de guarda-sóis e outras estruturas, com tamanho família, para evitar aglomerações.
Além da enquete feita com moradores, a queda no número de infectados com a Covid foi observada para autorizar a liberação dos acessos aos rios, conforme o município.
Pedro Afonso registrou, desde o início da pandemia, 2.095 infectados e 28 mortes. O município fica no encontro do rio Sono com o rio Tocantins e concentra algumas das praias mais populares do estado.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins