Banco destruído no TO após ser invadido por quadrilha armada ficará fechado por tempo indeterminado

0
51

Vídeo mostra explosão e reféns dentro da agência de Divinópolis. Banco do Brasil informou que “não há previsão de reabertura da unidade”. Criminosos armados atacam banco e casa lotérica em Divinópolis
Edson Gilmar/Agência Tocantins
A agência do Banco do Brasil de Divinópolis, no interior do Tocantins, foi interditada nesta sexta-feira (29) após ser invadida por uma quadrilha fortemente armada. O arrombamento e explosões deixaram o local parcialmente destruído. A empresa informou que “não há previsão de reabertura da unidade”.
Vídeo mostra explosão e reféns sendo obrigados por bandidos a entrar em banco durante assalto
A polícia informou que uma Casa Lotérica também foi alvo da quadrilha durante a madrugada. No Banco do Brasil os bandidos explodiram o cofre. A empresa não informou a quantidade levada pelos criminosos durante o ataque e disse que está colaborando com as investigações.
O Banco do Brasil afirmou ainda que “trabalha para a normalização do atendimento no menor espaço de tempo”. Enquanto a agência não funciona, moradores de Divinópolis podem buscar atendimento em outras unidades de municípios da região.
Criminoso atrás de refém durante assalto a banco em Divinópolis
Reprodução
O crime
O ataque começou por volta de 23h50 desta quinta-feira (28). Imagens de câmeras de segurança mostram que os suspeitos quebraram as portas do banco e entraram com bolsas. Os reféns, que aparecem no vídeo sem camisa, ficaram na mira das armas. (Assista abaixo)
Segundo a polícia, seis pessoas foram vítimas. Todas foram liberadas sem ferimentos e passam bem.
Criminosos armados fizeram reféns durante assalto a banco em Divinópolis; veja ação
Após o ataque, parte da cidade ficou sem energia elétrica e várias munições foram encontradas perto das agências.
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que a Polícia Civil foi acionada por volta de meia-noite e que uma força-tarefa policial foi montada para procurar o grupo. Um veículo que havia sido roubado durante o ataque já foi recuperado.
“Equipes do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), Delegacia Especializada Em Investigações Criminais (DEIC) de Palmas e Paraíso e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), além de equipes da Polícia Militar, estão percorrendo a região em busca dos envolvidos na ação”, afirmou a Polícia Civil.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins