Policia Civil diz que vai investigar caso de homem que levou tiro na testa e foi para casa dormir

0
27

Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Araguaína vai conduzir o inquérito policial como tentativa de homicídio. Homem levou tiro na testa e sobreviveu em Araguaína
Reprodução/Redes sociais
O caso do homem de 25 anos que levou um tiro na testa enquanto andava de moto e foi para casa dormir será investigado pela da Polícia Civil de Araguaína.
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou na noite desta terça-feira (7) que, a princípio, o caso é configurado como tentativa de homicídio, e que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai conduzir o inquérito policial.
O homem levou o tiro no último sábado (4) enquanto trafegava pela Rua Camboriú, no residencial Itaipú, em Araguaína. A Polícia Militar (PM) informou que ele não procurou ajuda médica, abandonou a moto e foi para casa dormir. Os militares encontraram bala que atingiu o homem amassada no meio da rua.
A Polícia Civil informou também, em nota, que irá requisitar exames periciais, ouvir testemunhas, e tomar “outras providências necessárias ao esclarecimento total dos fatos”.
Após ir para casa com o ferimento na testa, no sábado, a mãe da vítima viu manchas de sangue nas roupas do filho e acionou a PM e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A vítima foi levada para o Hospital Regional de Araguaína. O estado de saúde e previsão de alta não foram informados.
Em todo o momento, segundo a PM, ele estava lúcido e teria contado aos militares quem fez o disparo. A moto foi encontrada no setor Raizal, e na rua havia vestígios de sangue e o projétil da bala.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins