Suspeito de furtar caminhonetes de luxo em cidades do Tocantins é preso pela polícia

0
40

Na casa dele os investigadores apreenderam aparelhos eletrônicos usados para invadir o sistema de segurança e desativar o GPS dos veículos. Grupo participou de furtos em Palmas e Tocantínia. Equipamentos apreendidos pela Polícia Civil
SSP/Divulgação
Um homem foi preso em Palmas nesta quinta-feira (19) suspeito de fazer parte de uma quadrilha especializada em furtar caminhonetes de luxo no Tocantins. Na casa do suspeito os investigadores apreenderam aparelhos eletrônicos usados para invadir o sistema de segurança e desativar o GPS dos veículos.
A prisão ocorreu durante a operação Scam, realizada pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), com apoio dos setores de inteligência da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal de Goiás e Superintendência de Trânsito de Palmas.
As investigações duraram quatro meses e tinham por objetivo prender um grupo que vem praticando furtos de caminhonetes de luxo em Palmas, Tocantínia e outros municípios vizinhos.
O suspeito foi capturado em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Durante buscas na casa dele foram encontrados aparelhos usados para bloquear o sinal GPS e ligar as caminhonetes.
“Os criminosos utilizam um aparelho chamado “módulo”, o qual era preparado previamente pelo grupo e tinha como finalidade substituir o sistema eletrônico original e como consequência fragilizar todo o sistema de segurança do veículo. Desse modo, o grupo conseguia ligar as caminhonetes e, depois, era usado outro aparelho denominado “capetinha”, cuja função era bloquear qualquer tipo de sinal de GPS”, explicou o delegado Rossílio Correia.
Os investigadores descobriram que as caminhonetes furtadas eram colocadas de quarentena, ficavam escondidas por alguns dias. Depois eram levadas para outros estados, onde os criminosos clonavam e repassavam para receptadores.
Após a prisão o suspeito foi levado para a delegacia e depois mandado para a Unidade Penal de Palmas.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins